DF LIDERA COM MAIOR ÍNDICE DO PAÍS DE PESSOAS COM NÍVEL SUPERIOR NO MERCADO DE TRABALHO
Share Button

Dos 1,46 milhão de brasilienses empregados em 2017, 505 mil tinham ensino superior completo. Dado consta em estudo do IBGE divulgado nesta quinta (8).

Dos 1,46 milhão de brasilienses empregados em 2017, cerca de 505 mil (34,6%) tinham o ensino superior completo – o maior percentual entre as unidades federativas do país. É o que aponta um levantamento divulgado nesta quinta-feira (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o estudo, desde 2012, a porcentagem de pessoas ocupadas que completaram o ensino superior vem aumentando no DF

A taxa de empregados sem instrução ou com o ensino fundamental incompleto também apresentou aumento de 1% em relação a 2016, indo de 16,8% para 17,8%. Esse percentual é o menor do país.

A pesquisa mostrou ainda que as maiores concentração de trabalhadores do DF foram registrada nas seguintes áreas:

  • Administração pública;
  • Defesa e seguridade social;
  • Educação;
  • Saúde e serviços sociais.

Juntos, esses setores somam 26,8% do total de brasilienses empregados.

Perfil dos trabalhadores

No ano passado, o número de pessoas ocupadas no DF foi 1,46 milhão. Desse total, 53,8% eram homens, o equivalente a 787 mil.

Turno de trabalho

Dividindo por turnos de trabalho, 92,9% das pessoas trabalham em turno diurno enquanto os demais (7,1%) em turnos noturnos ou parcialmente noturnos.

Desemprego

Embora a taxa de pessoas ocupadas com nível superior no DF tenha aumentado, a capital fechou 2017 com a pior taxa de desocupação da história da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), realizada desde 2012.

Esses dados foram divulgados pelo IBGE em fevereiro. De acordo com o levantamento, o desemprego atingiu 13,1% da população do DF no ano passado, o equivalente a 394 mil pessoas.

Os números de Brasília ficaram acima da média registrada no Brasil em 2017, de 12,7%. A taxa é 9% maior que a registrada em 2016, quando 12% da população da capital sofreu com o desemprego.

Taxa de desocupação no DF: Desde que o IBGE começou a fazer a pesquisa, o menor número de Brasília foi registrado em 2012, quando 8,6% dos trabalharadores ficaram desocupados.

Fonte: https://g1.globo.com/df/distrito-federal/noticia/2018/11/08/df-tem-maior-indice-do-pais-de-pessoas-com-nivel-superior-no-mercado-de-trabalho.ghtml

Posts Relacionados

Comentários no Facebook