ESPETA?CULO GRANDE SERTA?O VEREDAS
Share Button

Dia 28 de Julho acontece, em BrasA�lia, o espetA?culo Grande SertA?o Veredas no Centro de ConvenA�A�es Ulysses GuimarA?es. NA?o Perca!
Data:A�28 de Julho de 2018, SA?bado
Hora:A�20h
Local:A�Centro de ConvenA�A�es Ulysses GuimarA?es – AuditA?rio Planalto

SOBRE ESPETA?CULO GRANDE SERTA?O VEREDAS

A literatura brasileira do sA�culo XX no planalto central. Essa A� a missA?o da diretora teatral Bia Lessa ao decidir colocar os universos contidos em Grande SertA?o: Veredas, de JoA?o GuimarA?es Rosa, e as inA?meras possibilidades de anA?lise do romance em cena. A adaptaA�A?o, baseada em uma das grandes obras do sA�xulo XX, estarA? em cartaz no dia 28 de julho (sA?bado), as 20h, no AuditA?rio Planalto do Centro de ConvenA�A�es Ulysses GuimarA?es, em BrasA�lia.

O elenco A� composto por Caio Blat (Riobaldo), LuA�za Lemmertz (Diadorim), LuA�sa Arraes, Leonardo Miggiorin, JosA� Maria Rodrigues (HermA?genes), Balbino de Paula, Daniel Passi, Elias de Castro, Lucas Oranmian e Clara Lessa. Para dar vida ao mA�tico sertA?o, Bia reuniu nomes como Egberto Gismonti (mA?sica), Camila Toledo (concepA�A?o espacial, com a colaboraA�A?o de Paulo Mendes da Rocha), Sylvie Leblanc (figurino) e Fernando Mello da Costa (adereA�os).

Entre as conquistas, o espetA?culo A� vencedor do PrA?mio APCA 2017 na categoria Melhor DireA�A?o (Bia Lessa), PrA?mio Shell nas categorias Melhor DireA�A?o (Bia Lessa) e Melhor Ator (Caio Blat) e do PrA?mio Bravo! 2018 na categoria Melhor EspetA?culo de Teatro (Grande SertA?o: Veredas), chega A� cidade apA?s temporada de casa lotada, em SA?o Paulo e no Rio de Janeiro.

O enredo

A histA?ria A� baseada no SertA?o de GuimarA?es Rosa. Bia convida a plateia a um mergulho fundo na epopA�ia narrada pelo jagunA�o Riobaldo, que atravessa o sertA?o para combater seu maior inimigo, HermA?genes, para fazer um pacto com o diabo e descobrir seu amor por Diadorim.

Para dar vida ao sertA?o, a trilha sonora do espetA?culo foi pensada especialmente para trazer o expectador para dentro da obra, e A� composta por trA?s nA�veis: os ruA�dos e sons ambientes,caracterA�sticos do sertA?o, a mA?sica composta por Egberto Gismonti e os sons que representam nossa memA?ria emotiva, com canA�A�es que fazem parte de nosso imaginA?rio. Os figurinos sA?o uma leitura do sertA?o, sem regionalizA?-lo a�� sA?o personagens do mundo.

AlA�m disso, uma estrutura tubular que lembra um claustro, uma gaiola, estarA? fixada no AuditA?rio Planalto do Centro de ConvenA�A�es, e poderA? ser visitada durante o dia. A estrutura A� cenA?rio de violentas batalhas e de reflexA�es profundas durante a vida no sertA?o, retratada pela obra. Na ocasiA?o,250 bonecos de feltro com tamanho humano, criados pelo aderecista Fernando Mello da Costa, compA�em uma imagem permanente: a cena da morte de Diadorim como um presA�pio, passA�vel da participaA�A?o do pA?blico, nA?o sA? como espectador, mas tambA�m como agente da aA�A?o, ocupando o lugar da personagem.

A trama envolve um trabalho com mais de 600 horas, com o elenco em ensaios diA?rios por 92 dias, e de grande esforA�o fA�sico. A tecnologia A� a grande marca da montagem para guiar o pA?blico por tantas veredas. Cada espectador usarA? fones de ouvido que permitirA?o escutar separadamente a trilha sonora, as vozes dos atores, os efeitos sonoros e sons ambientes caracterA�sticos do sertA?o, levando-o a um nA�vel inA�dito de interaA�A?o com a dimensA?o sonora do espetA?culo. Apesar de todos compartilharem o espaA�o na plateia, cada um terA? uma experiA?ncia A?nica durante a apresentaA�A?o.

a�?O teatro para mim A� sagrado. Me dedico a ele de tempos em tempos, nA?o me sinto com capacidade de realizar espetA?culos um apA?s o outro. Me deparei com o Grande SertA?o e ele se apoderou de mim mais uma vez. Quando montei a exposiA�A?o, algumas questA�es se apresentavam: a principal delas era como utilizar imagens sem que o significado do SertA?o de GuimarA?es ficasse reduzido a um A?nico lugar. A opA�A?o na A�poca foi trabalhar apenas com palavras. No teatro, essa questA?o volta a se impor: a�?o sertA?o estA? dentro da gentea��. Nosso caminho foi realizar um trabalho onde homens, animais e vegetais estabelecessem uma relaA�A?o de diA?logo sem supremacia entre eles. NA?o estamos exatamente no sertA?o, mas em um espaA�o a�?ecolA?gicoa�? e metafA�sico onde tudo cabea�?, pontua a diretora.

INGRESSOS

  • Poltrona Superior
    • R$ 30,00 (meia)

    Poltrona Especial

    • R$ 70,00 (meia)

    Poltrona VIP Lateral

    • R$ 90,00 (meia)

    Poltrona VIP

    • R$ 120,00 (meia)

    *Valores dos ingressos sujeitos A� alteraA�A�es sem aviso prA�vio.

    *Meia entrada para estudantes, idosos, menores de 21 anos, pessoas com deficiA?ncia, professores e profissionais da rede pA?blica municipal de ensino e doadores de 1Kg de alimento nA?o perecA�vel.

PONTOS DE VENDAS

  • https://www.bilheteriadigital.com/grande-sertao-veredas-brasilia-28-de-julho

MAIS INFORMAA�A�ES

  • Telefone:A�NA?o informado
  • ClassificaA�A?o:A�18 anos

Tag

Posts Relacionados

Comentários no Facebook